E a era dos dinossauros continua dando provas de que realmente ela existiu e não é apenas mera hipótese. Diante dos fósseis que são constantemente encontrados em todos os lugares do mundo a certeza de que estes animais realmente existiram continua sendo reafirmada a cada descoberta.

O país da rainha Elizabeth comunicou ao mundo a mais nova descoberta. Um fóssil de ictiossauro foi encontrado a 50km da costa. O fóssil de um réptil catalogado como um predador marinho gigantesco mostra que a vida marinha aconteceu a 200 milhões de anos atrás quando o oceano era coberto por águas rasas.

Maior fóssil de ictiossauro da Inglaterra é descoberto por acaso a 50 km da costa | Biodiversidade | Um só Planeta

Os ossos do animal foram encontrados por acaso e de início acreditava-se que era de um dinossauro mas em seguida foi identificado como um grande dragão do mar com aproximadamente 10 metros de sangue quente muito semelhante aos nossos golfinhos de hoje. Esse predador que podia chegar a 25 metros se alimentava de peixes e também de outros animais gigantes que ele conseguisse devorar como o nosso tubarão.

Para os paleontólogos é estranho o fato de um réptil marinho ser encontrado longe da costa, mas acredita-se que podia ser em um momento que os mares enchiam demais e se alongavam para os outras áreas. Foi o maior esqueleto encontrado com a estrutura em sua forma mais completa já encontrada, ou seja, inteiramente completo e intacto.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui